sábado, 30 de julho de 2016

Joaquina mata Rubião e é levada à forca no final de Liberdade

A atriz Andreia Horta em cenas como a personagem Joaquina de Liberdade, Liberdade - Reprodução/Globo
Depois de sofrer nas mãos de Rubião (Mateus Solano), Joaquina (Andreia Horta) virará o jogo contra o intendente na reta final de Liberdade, Liberdade, novela das onze da Globo. Após apanhar, ser estuprada e mantida em cativeiro pelo vilão, a heroína ficará sabendo por Anita (Joana Solnado) que seu marido foi o assassino de seu pai de criação, Raposo (Dalton Vigh). Joaquina o vingará e matará Rubião, mas será levada à forca pelo crime.

A novela termina na próxima quinta-feira (4). Nos capítulos da semana que vem, Anita será humilhada por Rubião e dará o troco no patrão. Ela contará a Joaquina que foi ele quem matou Raposo, e ainda mostrará todo o ouro que o intendente roubou da família da moça. A fidalga, então, também se tornará uma assassina e matará o marido.

No último capítulo, Joaquina será condenada pelo crime e aparecerá literalmente com a corda no pescoço. Com os cabelos cortados, ela será levada até a principal praça de Vila Rica para que seja enforcada na frente de todos, segundo a colunista Carla Bittencourt, do jornal Extra.

Mas a mocinha ainda terá uma esperança de se livrar da sentença de morte: Xavier (Bruno Ferrari). O revolucionário estará foragido da cadeia e aparecerá no local para  salvar a amada. A Globo não divulgou os resumos dos capítulos finais da trama.

Independentemente do destino de sua personagem em Liberdade, Liberdade, Andreia Horta já tem um novo papel em vista. De acordo com a colunista Patrícia Kogut, ela está cotada para interpretar Elis Regina em uma série da Globo de dez episódios sobre a vida da cantora. Com texto de Gilberto Braga e João Ximenes Braga, a produção deve ser exibida em janeiro de 2018.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...