sexta-feira, 1 de abril de 2016

MP-SP irá investigar Marquito após denúncia de irregularidades como vereador

MP-SP irá investigar Marquito após denúncia de irregularidades como vereador
O Ministério Público Estadual de São Paulo (MPE-SP) anunciou oficialmente nesta quarta-feira (30), que irá investigar o vereador Marco Antônio Ricciardelli, o Marquito (PTB), conhecido por sua atuação no "Programa do Ratinho", do SBT.

O órgão apurará se denúncias publicadas pelo jornal Estadão conferem. Em matéria na última terça (29), o jornal afirma que existe uma suspeita de que Marquito repassaria R$ 6,8 mil mensalmente a um escritório de advocacia de fachada, liderado por seu assessor pessoal, Edson Roberto Pressi. Ao longo de três anos - Marquito assumiu em janeiro de 2013 -, o valor dos repasses ilegais seriam de mais de 122 mil reais.

Nesta quarta, o MPE-SP abriu investigação contra o vereador também por conta de suspeitas dele reter salários de funcionários do seu gabinete, uma espécie de "dízimo", em que parte dos pagamentos é devolvida ao gabinete. Além disso, existem notas fiscais referentes à consultoria jurídica apontando que o escritório contratado pelo vereador fica em um prédio administrado por Pressi, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Há suspeitas de que o assessor seja o dono do imóvel.

Procurado para comentar as acusações, Marquito negou todas elas. Por enquanto, o palhaço segue como assistente de palco do "Programa do Ratinho".

O apresentador, inclusive, tem evitado comentar o assunto em seu programa ao vivo todas as noites no SBT.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...