domingo, 6 de dezembro de 2015

Morre a atriz Marília Pêra, aos 72 anos

Morre a atriz Marília Pêra, aos 72 anos - Ag News
Na manhã deste sábado (5), morreu a atriz Marília Pêra, aos 72 anos. A artista estava em sua casa em Ipanema, no Rio de Janeiro. O corpo será velado no teatro Leblon, na Sala Marília Pera, no Rio de Janeiro. A causa da morte ainda não foi divulgada, mas sabe-se que ela lutava contra um câncer no pulmão há dois anos.

Vale lembrar que ela se tratou recentemente de um desgaste ósseo na região lombar, que a fez se afastar do trabalho por um ano.

Marília era uma das artistas mais completas do Brasil: além de interpretar, era cantora, bailarina, diretora, produtora e coreógrafa. Trabalhou em mais de 50 peças, quase 30 filmes e cerca de 40 novelas, minisséries e programas de televisão.

Em 1965, foi contratada pela Globo para fazer parte do elenco que iria inaugurar a emissora. Logo nos primeiros anos da TV protagonizou as novelas “Rosinha do Sobrado” e Padre Tião”. Além dessas tramas, atuou com destaque em “O Cafona” (1971), “Uma Rosa com Amor” (1972), “O Primo Basílio” (1998), “Lua Cheia de Amor”(1990), “Cobras & Lagartos”, “Duas Caras” (2007) e “Ti Ti Ti” (2010).

Ao longo de uma carreira que durou praticamente toda sua vida, Marília Pêra destacou-se ainda no cinema. Estrelou filmes como “Pixote, a lei do mais fraco” (1980), “Bar Esperança” (1983), “Tieta do agreste” (1995) e “Central do Brasil” (1996) e “O viajante” (1998).

No teatro, ganhou duas vezes o Prêmio Molière: em 1974, por “Apareceu a Margarida”, e em 1984, por “Brincando em cima daquilo”. Como diretora, esteve por trás de uma das peças de maior sucesso do país, “Irma Vap”, que ficou em cartaz por mais de dez anos, com Marco Nanini e Ney Latorraca como protagonistas.

Seu último trabalho nas telinhas foi na série “Pé na Cova”, que atualmente exibe sua quarta temporada. Na comédia, Marília viveu Darlene, uma das personagens principais da história.

Em 2015, a atriz teve sua vida e obra contadas no sambódromo do Anhembi ao ser tema da escola de samba Mocidade Alegre, em São Paulo. Neste ano, ela também foi a grande homenageada da 43ª edição do Festival de Gramado, um dos principais eventos de cinema do país.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...