terça-feira, 13 de outubro de 2015

Justiça suspeita de ocultação de valores e manda Neymar mostrar documentos

Neymar pai e suas empresas sofreram nova derrota no processo movido pelo fundo Terceira Estrela (Teisa) para ter acesso a todos os documentos relativos à transferência do jogador para o Barcelona. Em julgamento no último dia 29 e que teve seu teor publicado no Diário Oficial de São Paulo nesta terça, foi negado recurso contra a decisão que determina a apresentação de toda a papelada, sob risco de busca e apreensão.

O pai de Neymar  tinha conseguido impedir a exibição graças a uma liminar que valia até o julgamento desse recurso. Agora, os documentos precisam ser exibidos, mas cabe novo recurso.

A segunda Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo entendeu que “há robustas evidências de que o valor real envolvido na transferência do jogador tenha de fato sido ocultado pelos participantes diretos do negócio, com intuito de prejudicar a Teisa”. Por isso, o entendimento é de que a empresa tem o direito de ver a documentação. Ela detinha 5% dos direitos econômicos do atacante. O estafe de Neymar sempre negou que tenha havido tentativa de esconder o preço real da transação a fim de prejudicar Santos, Teisa e DIS (empresa que também tinha uma fatia dos direitos econômicos).

No recurso, os advogados do pai do jogador tinham alegado que os documentos não poderiam ser exibidos porque remetem a relações jurídicas com terceiros.
Abaixo, veja trecho da decisão contrária ao pai de Neymar.
Reprodução

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...