segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Gusttavo Lima volta atrás e pede desculpas a ex-empresário a quem acusou de roubo

Reprodução/Instagram/gusttavolima
Gusttavo Lima pediu desculpas públicas, através da Justiça, na tarde desta sexta-feira, por ter dito na coletiva de lançamento de seu DVD, no dia 2 de setembro, que fora “muito roubado” por seu ex-empresário. Na época, Joao José da Fonseca, advogado da Áudio Mix, o antigo escritório de Gusttavo, pediu explicações ao cantor, que acaba de se retratar.
A coluna de Leo Dias do jornal O Dia, teve acesso com exclusividade ao texto. No documento, ele reconhece que “nunca foi roubado pelo seu antigo escritório nem pelos seus antigos empresários (Exprudiu e Marcos Aurélio dos Santos Araújo)”. Gusttavo diz ainda que as contas sempre foram prestadas mensalmente e que a parceria chegou ao fim “em comum acordo e de forma amigável”. Por fim, Gusttavo Lima afirma ter feito tais declarações pois estava “abalado emocionalmente por problemas pessoais”.

Esse pedido de desculpas deve evitar que a Áudio Mix processe o cantor criminalmente por danos à imagem da empresa. O desligamento de Gusttavo da empresa AudioMix, que administrava sua carreira desde que ele não era famoso, saiu muito caro. Ele teve que pagar uma multa rescisória no valor de R$ 12 milhões. Para isso, o sertanejo precisou vender alguns de seus bens, entre eles um helicóptero e uma mansão que tinha comprado depois do sucesso.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...