domingo, 7 de junho de 2015

Polícia invade show e prende vocalista da ConeCrew no RJ

 Foto: Facebook / Reprodução
O rapper André da Cruz Teixeira Leite, conhecido como Cert, foi preso em cima do palco durante show da banda ConeCrew Diretoria, na Festa do Tomate, em Paty do Alferes, interior do Rio de Janeiro, neste sábado (6). Cert foi autuado pela polícia militar local após toda a banda ser acusada de apologia às drogas.
De acordo com produtores do ConeCrew, dezenas de policiais estariam assistindo à apresentação junto de mais de 15 mil pessoas. Após ouvir letras de algumas músicas, os PMs invadiram o palco e foram direto para cima de Cert, como mostram imagens feitas pelo público. De acordo com a assessoria de imprensa do grupo, o rapper já foi liberado.

Essa não é a primeira vez que André é preso por envolvimento com drogas. O cantor já havia sido detido por plantar um pé de maconha em sua casa, na cidade vizinha Miguel Pereira. O ConeCrew é conhecido pelas letras que defendem a legalização das drogas.
Grupo de rap preso por letras de músicas também não é novidade. Em 1997, o Planet Hemp, ex-grupo de Marcelo D2 que também faz campanha em favor da legalização, foi surpreendido pela polícia após apresentação em Brasília, também com alegação de apologia às drogas.

Campanha no Twitter
Nas redes sociais, fãs fizeram campanha em favor de Cert, mesmo com sua rápida liberação. Usuários do Twitter subiram a tag #LiberdadeCert, criticando a prisão. Veja algumas manifestações abaixo:
Apologia as drogas é comercial de cerveja!!!

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...