segunda-feira, 25 de maio de 2015

Huck quebra vértebra e Angélica lesiona musculatura em acidente aéreo no MS

Luciano Huck teve uma vértebra quebrada e Angélica teve lesões na musculatura e um estiramento muscular no acidente aéreo sofrido pelo casal neste domingo (24), no Mato Grosso do Sul. A aeronave em que eles viajavam com os três filhos e duas babás passou por um pouso forçado no pasto de uma fazenda a 30 km de Campo Grande.

No início da tarde desta segunda-feira, o hospital Albert Einstein, onde eles estão internados, sem previsão de alta, divulgou boletins informando o estado de saúde dos dois pacientes. Os filhos dos apresentadores, Joaquim, Benício e Eva, e as babás Marcíleia Eunice Garcia e Francisca Clarice Canelo Mesquita também passaram pelo hospital, mas tiveram alta na madrugada.

"O Hospital Israelita Albert Einstein informa que o paciente Luciano Huck apresenta apenas pequena fratura do corpo da décima primeira vértebra torácica, encontra-se estável e sem consequências neurológicas", informou o boletim assinado pelo médico responsável, Dr. Guilherme Ribas, e pelo diretor superintendente do hospital, Dr. Miguel Cendorogio Neto.

A apresentadora Angélica, que também continua internada, teve uma "discreta lesão" na musculatura do abdômen e da região pélvica, além de um estiramento na região da cervical, segundo informou a equipe médica que cuida do casal.

"O Hospital Israelita Albert Einstein informa que a paciente Angélica Ksyvickis Huck encontra-se estável, sem comprometimento neurológico ou hemodinâmico. Apresenta discreta lesão na musculatura da parede abdominal e pélvica, além de um estiramento muscular na região da cervical. Deverá ser submetida a exames complementares no dia de hoje", diz o informe assinado pelo médico responsável pelo tratamento da apresentadora, Dr. Milton Steinman, e também pelo superintendente do Albert Einstein.

O acidente

O avião, modelo Embraer 820C, decolou da Estância Caiman, na cidade de Miranda, e seguia para Campo Grande, em um trajeto de 230 quilômetros, quando sofreu uma falha. O piloto informou os controladores por volta das 11h deste domingo (24).

Segundo o capitão médico Mauro Pascale, que participou do resgate, a equipe foi acionada por um alerta de acidente aeronáutico. "Chegamos ao local com quase nada de informações. O Corpo de Bombeiros já tinha assistido as vítimas mais leves. Quem tinha o estado um pouco mais grave era o piloto, que bateu a testa no painel e tinha um traumatismo crano-encefálico leve. Ele estava consciente e foi evacuado pela nossa equipe", afirmou.

Num segundo voo ao local, a equipe coletou material e fez fotos para ajudar na investigação. Por meio de nota, a FAB  informou que uma equipe do Quarto Serviço Regional de Prevenção e Investigação de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA 4) seguiu para o local para apurar as causas do acidente.

À tarde, Lorena Leonardo, proprietária da fazenda, tentava controlar o movimento no local, cheio de curiosos. "Isso atrapalha a investigação, tem muita gente aglomerada", disse ela, que foi avisada pelo noivo do incidente. "Quando cheguei, Luciano e Angélica já tinham saído, só tinha ficado o piloto, que havia machucado a cabeça", contou.

Em entrevista ao "Encontro", da rede Globo, o piloto Osmar Frattini relatou o acidente. "Acendeu no painel uma luz amarela escrito tempo de combustível, que indica uma obstrução de combustível para o motor. Dez segundos depois acendeu a do motor direto também", explicou, completando em seguida: "Eu não tinha mais muito tempo por causa da altura. Havia uma serra na frente, eu não tinha outra opção. Havia risco de explosão do outro motor e assim íamos cair como uma pedra no chão".

Depois, ao "Jornal Hoje", Frattini contou que teve como obstáculo na descida a presença de um rebanho, do qual teve de desviar. "A vaca passou pertinho de mim, subimos, novamente coloquei na altitude, depois [o avião] tocou o solo e deslizou".

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...