sábado, 30 de maio de 2015

Band é condenada a exibir direito de resposta por ofensa aos ateus; entenda

Band é condenada a exibir direito de resposta por ofensa aos ateus; entenda
A Band terá que exibir vídeos se retratando por conta de ofensas feitas aos ateus no programa policial "Brasil Urgente", apresentado nos fins de tarde por José Luiz Datena.

Segundo a revista Carta Capital, a emissora do Morumbi assinou um termo de conduta nesta semana, com o Ministério Público Federal, no qual se compromete a exibir pelo menos 72 vezes um programa produzido pelo MPF cujo objetivo é conscientizar a população sobre a laicidade do Estado brasileiro, o chamado "Direito de Resposta".

A Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão disse no documento que a Band tem até o dia 1º de novembro deste ano para exibir a campanha sobre a diversidade de crenças no Brasil, incluindo o ateísmo. O vídeo de 40 segundos ressalta que o Estado brasileiro não possui religião oficial, garantindo a liberdade de todos para escolher entre ter ou não ter uma religião.

A campanha tem que ser mostrada nos comerciais de suas principais atrações jornalísticas, o "Brasil Urgente", o "Jornal da Band" e o semanal "Canal Livre".

O fato ocorreu em 2010, quando o apresentador José Luiz Datena repercutiu uma reportagem de Márcio Campos sobre o fuzilamento de um garoto e disse que a morte aconteceu por conta da "ausência de Deus", já que "um sujeito que é ateu não tem limites e é por isso que a gente vê esses crimes aí".

Irritado, Datena ainda esbravejou: "É por isso que o mundo está essa porcaria. Guerra, peste, fome e tudo mais, entendeu? São os caras do mau. Se bem que tem ateu que não é do mau, mas o sujeito que não respeita os limites de Deus, é porque, não sei, não respeita limite nenhum”.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...