domingo, 15 de março de 2015

Intérprete de Chiquinha, do Chaves, lança livro com suas memórias

Intérprete de Chiquinha, do Chaves, lança livro com suas memórias - AgNews
María Antonieta de las Nieves, mais conhecida como a Chiquinha do programa Chaves, acaba de lançar um livro com suas memórias, chamado Había Una Vez Una Niña en una Vecindad (Era uma vez uma menina em um bairro), onde, além de falar sobre sua trajetória, revela alguns dessabores que viveu com o falecido Roberto Gómez Bolaños, o intérprete e criador do Chaves.

A atriz disse em entrevista no México que 'não cospe no prato em que comeu', e reconhece que Chespirito mudou sua vida.

"Apesar dos problemas que tivemos, eu sempre lhe tive carinho e respeito. Lamento muitas das coisas que aconteceram, mas sou uma pessoa que não guarda rancor e prefere seguir adiante".

Durante anos Bolaños e De las Nieves se enfrentaram em público por conta da propriedade intelectual da personagem Chiquinha. Em um descuido de Bolaños, ele esqueceu de renovar os direitos da personagem, e a atriz aproveitou para registrar como dela, fazendo com que seu criador já não pudesse usar sua imagem - por isso no desenho animado do Chaves, a Chiquinha não aparece.

María Antonieta lamentou não ter feito as pazes com Chespirito antes de sua morte. Mas não porque ela não o procurou, e sim porque ninguém a deixava se aproximar dele ou comunicar-se com ele.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...