segunda-feira, 2 de março de 2015

Alexandre Frota narra suposto estupro na TV e é criticado

Alexandre Frota deu declaração polêmica no 'Agora É Tarde' Foto: Francisco Cepeda / AgNews
Alexandre Frota virou assunto nas redes sociais na manhã desta segunda-feira (2). Em reprise de sua participação no programa Agora É Tarde,  apresentado por Rafinha Bastos, que foi ao ar na última quarta-feira (25), o ator narra uma "aventura" sexual com uma mãe de santo, onde dá a entender que a estuprou.
Em tom de deboche, Frota conta que, na época, trabalhava na Globo, e foi aconselhado por seus chefes a visitar um terreiro de umbanda para "tirar o mau-olhado." "Cara, eu comi uma mãe de santo", diz ele.

Ao contar a história, Frota chama uma moça da plateia que, segundo ele, assim como a mãe de santo, "dava para ver pela canela que era gostosa", para ajudar na representação da cena. O empresário diz não ter suportado "aquela bunda grande" e resolvido "ir para cima dela."

"Eu não acredito nessa parada que você faz, mas queria te dar um pega", narra ele, que afirma ter perguntado se a moça queria fazer sexo com ele. Mesmo não recebendo resposta, Frota conta que tirou a saia dela e iniciou o ato aparentemente sem consentimento dela. "Botei o boneco para fora e a mão na nuca dela."

Alexandre também afirmou que a moça desmaiou por conta da pressão que fez em sua nuca e que, para evitar que suas amigas que estavam do lado de fora vissem ela desmaiada, tentou reanimá-la, sem sucesso. "Levanta, filha da puta", lembrou ele de sua fala na ocasião. Como a mulher não acordou, Frota afirmou ter inventado uma desculpa, dizendo que jurava não saber o que tinha acontecido com ela. Curiosamente, o programa foi originalmente ao ar no dia 22 de maio de 2014, sem nenhuma repercussão na época.
Parlamentares, cantores e movimentos sociais condenam declaração

A deputada Maria do Rosário (PT) e o deputado Jean Wyllys (PSOL) manifestaram-se contra as confissões do ator e o tratamento que o programa deu ao caso através das redes sociais. Em seu Twitter, Maria do Rosário escreveu: "A vontade de chorar que muitas de nós mulheres sentimos diante desse aplauso ao crime de estupro deve virar força e luta."
A vontade de chorar q mst de nós mulheres sentimos diante desse aplauso ao crime de estupro deve virar força e luta. http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/171719/Aos-risos-Alexandre-Frota-confessa-crime-hediondo.htm 
Wyllys foi mais contundente em sua manifestação. "Não há nada engraçado em um crime tipificado no artigo 213 do Código Penal, com pena de reclusão de seis a dez anos", criticou.

Jean Wyllys compartilhou o vídeo deFunkeiro Revolucionário.
Político · 620.558 curtidas
 · 7 h · Editado · 
"Quero te dar um pega. Ela não falou nada, aí eu falei VOU PEGAR. Botei a mãe de santo de quatro, arriei a saia da mãe de santo e segurei ela pela nuca [...]. Tô sapecando a mãe de santo e ela 'pa... para' [...]. Cara, eu fiz tanta pressão na nuca dela que ela DORMIU". Finaliza aos aplausos e risos da platéia composta, também, por mulheres.
Assim Alexandre Frota descreve uma suposta aventura sexual, supostamente engraçada, com uma mãe de santo que lhe atendia. Uma "aventura" ...
Jean Wyllys compartilhou o vídeo deFunkeiro Revolucionário.
Político · 620.558 curtidas
 · 7 h · Editado · 
"Quero te dar um pega. Ela não falou nada, aí eu falei VOU PEGAR. Botei a mãe de santo de quatro, arriei a saia da mãe de santo e segurei ela pela nuca [...]. Tô sapecando a mãe de santo e ela 'pa... para' [...]. Cara, eu fiz tanta pressão na nuca dela que ela DORMIU". Finaliza aos aplausos e risos da platéia composta, também, por mulheres.
Assim Alexandre Frota descreve uma suposta aventura sexual, supostamente engraçada, com uma mãe de santo que lhe atendia. Uma "aventura" ...
Ver mais
664.644 visualizações
Alexandre Frota fala, com naturalidade, do dia em que estuprou uma mãe de santo. Assista ao vídeo e tire suas próprias conclusões.
Se quiserem, eu explico o que quis dizer em determinada parte do vídeo, mas a atitude dele foi racista e misógina.
O rapper Emicida foi outro a criticar o programa e o seu convidado. "O arrombado fala que estuprou a mulher e o Brasil inteiro aplaude. Êta mundão bom de acabar. Fora o desrespeito com candomblé e o racismo", disse. 

O arrombado fala que estuprou a mulher e o Brasil inteiro aplaude. Êta mundão bom de acabar. Fora o desrespeito c/ candomblé e o racismo.

Diversos movimentos em defesa dos direitos da mulher também registraram sua indignação. O Coletivo Mariachi foi um dos primeiros a repercutir o caso. "Um crime hediondo foi confessado e aplaudido em rede nacional. Como isso é possível? Ora, num País onde uma mulher é estuprada a cada 12 segundos, não é difícil compreender que uma estatística alarmante como essa é produto de uma cultura que valoriza e cotidianiza a violência sexual", criticou.

Rafinha Bastos se defende


Em conversa com uma seguidora, Rafinha defendeu Frota e seu programa, dizendo que toda a declaração não passou de uma cena ensaiada por ele e seu convidado, juntamente com a plateia. 
Piada com estupro gente, o cara narra o maior pesadelo na vida de qualquer mulher e diz que é piada e o @rafinhabastos acha enfraçadão.
@oiamandas amiga... aquilo nunca aconteceu. Se tivesse acontecido ele tava na cadeia. É uma historia inventada.

@leilatwtr leila, é uma atriz e aquela história nunca aconteceu. É uma história inventada.
Em férias, o Agora É Tarde  volta a exibir episódios inéditos a partir desta terça-feira (2), quando começa a temporada de 2015 do programa. 

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...