terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Procuradoria não vai processar ex-Power Ranger por crime

O ator Ricardo Medina Jr., que vivia o Ranger Vermelho, e é suspeito de ter matado colega
Os procuradores de Los Angeles não vão processar o ex-Power Ranger vermelho Ricardo Medina Jr pelo assassinato de seu colega de apartamento, Joshua Sutter.

A decisão foi tomada após os especialistas apontarem que foi o próprio ator quem chamou os serviços de emergência e que ele não fugiu do local do crime. Na audiência desta terça-feira (3), os procuradores ainda pediram investigações mais aprofundadas sobre o tema para atribuir a culpa a Medina.

Os advogados do ator defendem que o golpe que matou Sutter foi dado em legítima defesa, após a vítima ter invadido o quarto.

No sábado (31), os dois amigos começaram uma discussão por motivos não divulgados. Após entrar no quarto do ator, quando estava com sua namorada, Medina golpeou Sutter com uma espada. Ele não resistiu ao corte e morreu no hospital.

Medina ficou mundialmente famoso ao interpretar Cole Evans no "Power Rangers Wild Force", em 2002, e Deker em Power Rangers Samurai, em 2012.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...