sábado, 13 de dezembro de 2014

André Marques conta que passava vergonha no avião por causa do peso



André Marques sentou-se no sofá do Jô na madrugada deste sábado (13). Entre outros assuntos, esteve em pauta as mudanças na vida do ator após um ano da cirurgia de redução de estômago.

Os apuros que ele passou quando embarcava no avião foram lembrados:

“Aquelas poltronas para gordo eu as chamava de executivo de gordo. Passei muito sufoco com o cinto. Uma vez, uma aeromoça me perguntou se eu estava confortável e eu falei 'óbvio que não’. É tipo vácuo. Se você vai se levantar é ruim e você se sente humilhado (...) Uma vez tentei colocar o cinto. Murchei a barriga, tentei, mas vi que não conseguiria. Aí coloquei a camisa em cima, uma bolsa na frente, na emergência, e a aeromoça falou que minha bolsa não poderia ficar no colo. Eu pedi por favor, afinal estava com o cinto aberto. Aí entreguei a ela, tentei colocar a mão em cima para disfarçar e acho que ela viu, mas teve dó de mim”, recordou.

A alimentação também melhorou:

“Depois que eu operei, fiquei mais tarado no cheiro da comida”, disse ao explicar de onde veio a paixão por ser cozinheiro. E completou: “Como não podia comer, tinha que engordar alguém e passei a cozinhar muito mais”.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...