terça-feira, 18 de novembro de 2014

Funkeiro de 27 anos é assassinado com nove tiros em Belo Horizonte

João Paulo de Moura Rocha, 27, o DJ Paulinho, morto em Belo Horizonte após ser atingido por nove tiros em frente a sua casa
O funkeiro João Paulo de Moura Rocha, 27, o DJ Paulinho, foi assassinado com nove tiros por volta das 21h desta segunda-feira (17), no bairro Santa Mônica, na região da Pampulha, em Belo Horizonte.

De acordo com a PM (Polícia Militar), DJ Paulinho estava na porta de sua casa, na rua Olavo Bilac, descarregando objetos de uma camionete Hilux preta, quando foi surpreendido pelos assassinos, que chegaram ao local em uma motocicleta XRE-300 vermelha. O garupa desceu do veículo e disparou 13 tiros.

Segundo a PM, nove disparos atingiram o músico: seis vezes na cabeça, além da nuca, do ombro e das costas. Ele teve morte imediata.

A dupla de criminosos ainda não foi encontrada.

A PM colheu depoimentos de familiares do funkeiro e de testemunhas do crime. Para eles, o DJ não tinha envolvimento com drogas e era uma pessoa tranquila.

Testemunhas disseram aos policias que o DJ Paulinho teria sido morto por estar envolvido com a namorada de um traficante da região. A corporação não confirmou a informação.

O músico começava a experimentar o sucesso. Sua página no Facebook era seguida por 23 mil pessoas. No último fim de semana, o DJ fez duas apresentações no sábado (15) em Lavras (a 231 km de Belo Horizonte) e espetáculos em três casas noturnas da capital mineira no domingo (16). Centenas de pessoas comentaram nas redes sociais a morte do DJ. O bordão "Vai, Paulin", repetido pelos fãs, marcava suas apresentações.

O corpo do funkeiro foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) e ainda não há informações sobre o velório e sepultamento do DJ.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...