quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Minotauro fecha acordo para ser comentarista e já mira virar apresentador


Aos 38 anos e com apenas mais duas lutas para realizar, de acordo com seus planos de parar antes dos 40 e em 2015, Rodrigo Minotauro já está de olho no que poderá fazer após a aposentadoria. Ele já é empresário e mais um caminho que já começa a ser trilhado desde agora é o de comentarista. O baiano fechou um acordo com o SporTV e o canal combate para analisar os eventos do UFC, mas o objetivo final vai além disso: é virar apresentador.
A estreia da parceria está marcada para o UFC 179, que será realizado no Rio de Janeiro, com José Aldo cedendo a revanche para Chad Mendes. O combate vale o cinturão dos penas, em posse do manauara, e acontece no próximo dia 25.

Rodrigo Minotauro já trabalhou como comentarista para a TV Globo, mas em uma ocasião isolada, em maio de 2013, quando Antônio Pezão desafiou o campeão dos pesados Cain Velasquez.

Agora, segundo o blog apurou, Minotauro busca dar novos passos no jornalismo esportivo. Ele tem uma coluna no jornal Extra, será comentarista e almeja se preparar para apresentar um programa próprio no canal Combate, num futuro próximo.
Com o plano de se aposentar em 2015, Minotauro ainda persegue mais dois combates antes do adeus. Isso fará da sua nova função mais esporádica, e a entrega plena ao trabalho de comentarista deverá acontecer depois que ele se despedir dos octógonos.

O baiano quer como próximo rival Frank Mir. Ele já comentou que gostaria de uma terceira luta contra o norte-americano, mesmo tendo perdido nas duas vezes em que eles se encontraram. Mir foi o primeiro a nocautear Minotauro, em 2008, e o primeiro a finalizar o baiano, em 2011.

Minotauro vem de duas derrotas seguidas no UFC, tendo sido finalizado por Fabrício Werdum, em junho de 2013, e nocauteado por Roy Nelson, em abril de 2014.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...