domingo, 21 de setembro de 2014

Veja as regras mais polêmicas dos acordos pré-nupciais dos famosos

Brad Pitt e Angelina Jolie, um dos casais mais famosos do mundo, oficializaram o casamento em agosto. Apesar de estarem juntos há nove anos juntos e terem seis filhos, os dois assinaram um acordo pré-nupcial, que conta até com uma cláusula sobre traição. “Bragelina” não é o único casal de famosos que optou por assinar esse tipo de contrato antes de subir no altar.
Confira uma lista com as regras em caso de separação das celebridades.
Brad Pitt e Angelina Jolie
O documento garante que, caso Pitt traia a mulher, que a guarda das crianças fique com Angelina Jolie. Em caso de divórcio, os atores ficarão com a quantia que já tinham antes do casamento — juntos totalizando US$ 425 milhões, sendo US$ 240 milhões de Brad e US$ 185 de Angelina — e os seis filhos do casal dividirão o patrimônio acumulado durante a união.
Katie Holmes e Tom Cruise se divorciaram, mas tinham acordo pré-nupcial
Tom Cruise e Katie Holmes
Os dois, que se separaram em junho de 2012, tinham um contrato matrimonial. Na época, a fortuna do ator, estimada em US$ 250 milhões ficou protegida pelas cláusulas do acordo. Tom precisou pagar apenas US$ 400 mil por ano que eles ficaram juntos. Além disso, o ator deve pagar uma pensão de cerca de US$ 33 mil por mês para a filha deles, Suri, de 8 anos, até que a menina complete 18 anos.
Kim Kardashian e Kanye West assinaram pré-nupcial
Kim Kardashian e Kanye West
A socialite Kim Kardashian e o rapper Kanye West também assinaram um documento antes do casamento. Em caso de separação, a estrela de reality show deverá receber 1 milhão de dólares por cada que ficar casada, limitando-se ao valor referente a 10 anos. A mansão do casal em Bel Air deverá ficar, mesmo se houver divórcio, no nome da noiva e ela poderá ficar com todas as joias e presentes que ganhar do cantor. Além disso, ela virou a principal beneficiária do seguro de vida do rapper, que é de aproximadamente US$ 20 milhões.
Kim Kardashian e Kris Humphries
O acordo da morena com o ex-marido Kris Humphries não foi tão simples. Após ficarem casados por apenas 72 dias, o jogador de basquete queria que o acordo pré-nupcial assinado pelos dois seja cancelado. Segundo o contrato, os dois seriam proibidos de dar detalhes do relacionamento caso ele chegasse ao fim e a casa dela em Bervely Hills não entraria na divisão de bens.
Kloe Kardashian e Lamar Odom
Kim não é a única Kardashian a gostar de acordos pré-nupciais. Kloe Kardashian, que se divorciou de Lamar Odom em dezembro do ano passado, também assinou um contrato antes de casar. Pelas regras, ele deveria dar a ela um valor de US$ 500 mil por cada ano que viveram juntos e uma pensão de US$ 25 mil. Além disso, a irmã de Kim deveria ficar com a casa em que moravam, um carro novo, uma mesada de US$ 5 mil para compras e de US$ 1 mil para tratamentos estéticos, além de ingressos para jogos de basquete.
Charlie Sheen e Denise Richards
Os atores, que ficaram juntos de 2002 a 2006, fizeram um acordo de US$ 4 milhões a serem pagos por ele em caso de traição. Apesar disso, no divórcio conturbado, a Justiça determinou que ela recebesse US$ 25 milhões.
Steven Spielberg e Amy Irving
O diretor de cinema e a atriz fizeram um acordo pré-nupcial informal. Na separação, ela alegou que o contrato tinha sido feito sem a presença de um advogado e, em 1989, faturou US$ 100 milhões por causa do divórcio.
Rayanne e Latino fizeram contrato pré-nupcial
Latino e Rayanne Morais
Os acordos pré-nupciais não são tão comuns no Brasil, mas o casal assinou um contrato antes de subir no altar. As regras são do regime de separação total de bens. Se eles se separarem, cada um ficará com aquilo que estiver em seu nome.
Justin Timberlake e Jessica Biel
Segundo o acordo pré-nupcial do casal, se o ator trair a mulher terá que pagar a atriz uma indenização no valor de US$500 mil. Além disso, Jessica acrescentou uma cláusula que garante que ela poderá se negar a ter filhos com o marido até que esteja totalmente segura da lealdade dele.
Catherine Zeta-Jones e Michael Douglas se separaram em agosto de 2013
Michael Douglas e Catherine Zeta-Jones
O casal se separou no ano passado e, pelas regras do acordo, a atriz deveria receber US$ 2,8 milhões por cada ano em que ficou casada com Douglas, desde que ele terminasse o relacionamento. Caso fosse traída, teria direito a mais US$ 5 milhões

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...