quinta-feira, 4 de setembro de 2014

"Estou sem entender", diz produtora de Anitta acusada de desviar R$ 2,5 mi

Anitta e a produtora Kamilla Fialho
A juíza Cíntia Souto Machado de Andrade, da 7ª Vara Cível da Barra da Tijuca, no Rio, deferiu na noite de quarta-feira (3) o pedido de Anitta, proibindo a empresa K2L de representá-la, sob pena de multa. A decisão, em caráter liminar, ainda será publicada no Diário Oficial da Justiça do Rio. Do outro lado do caso, a produtora Kamilla Fialho, sócia da K2L, disse que está perplexa com o imbróglio judicial envolvendo a cantora e sua empresa, acusada de desviar R$ 2,5 milhões por meio de planilhas de prestação de contas irregulares.

"O que tenho é tristeza e perplexidade de não entender o que aconteceu. Não estou entendendo nada, mas uma hora as coisas vão se esclarecer", disse ela, que se limitou a negar as acusações e afirmar que seus advogados ainda não foram notificados sobre a decisão. Segundo a assessoria de Anitta, o contrato com a K2L já foi rescindido e a empresa foi notificada.

Kamilla é considerada uma das mentoras de Anitta, principal nome do pop feminino brasileiro na atualidade. A produtora teria sido uma das responsáveis pela transformação que incluiu implante de silicone, plástica no nariz e aulas de teatro, canto e dança.

Até o início da semana que vem, os advogados da K2L terão de apresentar à Justiça todas as planilhas de prestação de contas referentes ao contrato, firmado em 2012. Os documentos, que também incluem comprovantes e notas fiscais, passarão pela auditoria de um perito. O laudo será apresentado dentro de 30 dias e servirá de base para a decisão da juíza.

No processo, Anitta acusa a KL2 de ter desviado cerca de R$ 2,5 milhões de seu patrimônio, emitindo, desde 2012, um total de 21 planilhas que nunca foram assinadas por seus contadores.

De acordo com a assessoria de imprensa da K2L, Anitta ainda tem compromissos com a empresa, incluindo apresentações até o fim de setembro em cidades como Caxias, Rio de Janeiro e Sorocaba. A assessoria da cantora, no entanto, não confirma a realização dos shows.

Na semana passada, Anitta anunciou a criação da Rodamoinho Produções Artísticas e que passa a ser a administradora oficial de sua carreira. Entre os artistas empresariados pela K2L estão o cantor Naldo e os MCs Sapão, Marcinho, Marcio G, Marcinho e Tathi Kiss.

Em julho, Anitta se envolveu em outro processo judicial, quando foi acusada de plágio pela funkeira MC Bruninha na música "Show das Poderosas".

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...