quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Aos 81 anos, morre apresentadora de TV Joan Rivers

A apresentadora e comediante americana Joan Rivers, do programa "Fashion Police". Ela morreu aos 81 anos
A apresentadora de TV Joan Rivers morreu nesta quinta-feira (4), aos 81 anos, informou Melissa Rivers, filha de Joan, em comunicado à imprensa.

"É com grande tristeza que anuncio a morte de minha mãe, Joan Rivers. Ela morreu tranquilamente às 13h17 [14h17 de Brasília] rodeada pela família e amigos íntimos", disse Melissa, agradecendo aos médicos e enfermeiros que cuidaram da mãe durante o tempo que ela ficou internada no Hospital Mount Sinai.

Joan, que apresentava o programa de moda "Fashion Police", no canal E!, estava em coma induzido desde a quinta-feira, 28 de agosto. Ela parou de respirar durante um procedimento cirúrgico em suas cordas vocais em uma clínica e foi levada às pressas para o hospital. A apresentadora estava em coma induzido e, de acordo com a revista "Us Weekly", os médicos decidiram dar início ao procedimento de retirada do coma no último domingo (31).

Joan Rivers, cujo nome verdadeiro é Joan Alexandra Molinsky, é a mais ácida de uma geração de comediantes e apresentadoras de TV americanas, que inclui Lucille Ball e Phyllis Diller (já falecidas), assim como Carol Burnett. Nos últimos anos de sua carreira, Rivers ficou muito conhecida por suas inúmeras cirurgias plásticas. Em 2012, ela disse que tinha feito 734.

"A maior alegria da minha mãe na vida era fazer as pessoas rirem. Apesar de ser difícil rir agora, eu sei que o seu desejo final seria que voltássemos a rir em breve", escreveu Melissa no comunicado.

Nascida no Brooklyn (sudeste de Nova York), filha de um bem sucedido médico, Joan cresceu em Larchmont, subúrbio da cidade. Graduada na Barnard College Phi Beta Kappa, começou a se apresentar em shows de stand-up sob o nome de Joan Rivers e, depois de vários anos trabalhando de dia como secretária e atuando à noite, conseguiu caminho em sua profissão em 1965 no programa "Tonight Show".

"Diva descontrolada"

Este ano, Rivers lançou o livro "Diário de uma Diva Descontrolada", onde discorre seu humor ácido para mais de 130 celebridades. "Só piadas bobas", disse à CNN.  A obra é deidcada ao rapper Kanye West, "porque ele certamente nunca vai ler isso", escreveu.

Em julho, durante entrevista à CNN para divulgar seu livro, Rivers disse que as celebridades que mais a irritam hoje em dia "são as que se acham muito grandiosas".

Em abril, durante participação no humorístico "Late Show", de David Letterman, Rivers zombou do peso da cantora Adele, dizendo que o hit "Rolling in the Deep" deveria se chamar "Rolando em frango frito".

A apresentadora foi vaiada e tentou se redimir com a cantora em entrevista ao "The Huffington Post", mas se complicou mais ainda. "Ela é uma mulher gordinha que é muito, muito rica. Ela deveria se acalmar ou perder peso", disse Joan.
Repercussão

Logo após o anúncio da morte de Joan Rivers, celebridades usaram as redes sociais para prestar suas últimas homenagens à apresentadora e comediante.

O ator Johnny Depp foi um dos primeiros a postar uma despedida para Joan. "Descanse em paz, Joan Rivers, você era uma pessoa incrível", escreveu.

Personalidades da TV norte-americana como Ellen Degeneres, Queen Latifah, Seth Mayers , Jimmy Kimmel, Sharon Osbourne, Whoopi Goldberg também dedicaram palavras para Joan e sua família.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...