domingo, 10 de agosto de 2014

Pai de Hudson diz que espera "poeira baixar" para processar noiva do cantor

18.set.2013 - O cantor Hudson, após prestar depoimento à polícia em Limeira
Jerônimo da Silva, 70 anos, pai do cantor sertanejo Hudson, da dupla Edson & Hudson, disse que o filho, internado em uma clínica de reabilitação, está com problemas graves no fígado, nos rins e no intestino, mas que o último boletim médico trouxe notícias animadoras. "Ele não está bem, e, embora ainda esteja sedado e em estado grave, melhorou nos últimos dias", disse o pai.

Silva informou ainda que a família está unida para preservar Hudson e afirmou que espera a "poeira baixar" para tomar medidas judiciais contra a noiva do cantor, Thayra Machado, 18, que fez um video, no último dia 4, acusando a família de impedi-la de ver o cantor. Além de tratar o vício em drogas, Hudson faz tratamento de cirrose. Em março de 2013, ele foi preso duas vezes em um mesmo dia por porte e posse ilegais de armas em Limeira (interior de São Paulo), onde mora com a família.

 Silva disse que a decisão de mudar seu filho de clínica foi baseada exclusivamente em questões médicas. "Ele estava em um lugar onde a estrutura era muito ruim. As pessoas saíam e entravam, era tudo liberado, não havia tanto controle. Eu não quero que ele fique dois meses internado, saia e morra. Eu quero que ele fique um ano, dois anos, se for preciso, mas que depois viva muito tempo comigo", disse o pai do sertanejo.

Hudson havia sido internado em março, inicialmente para um programa de três meses de reabilitação. Por conta do que chamou de "falta de resultados", o pai disse que tirou, no começo de junho, o sertanejo da clínica e o enviou a outra, mais rígida. Nesse local, apenas familiares podem visitar o cantor. "A visita tem tempo contado, é uma vez por mês. Eu, que sou o pai, só sei notícias do meu filho por telefone. Não é fácil, mas é o que tem que ser feito por quem ama ele", disse.

A mudança de clínica colocou a família em conflito com a noiva do cantor. No vídeo divulgado por ela, Thayra diz que a família impedia o seu contato com o cantor, que ela afirmou estar debilitado. "Ele está regredindo. Os medicamentos são fortíssimos. Não vejo melhora no tratamento. E ele não quer falar. Ele pediu para eu ajudá-lo, implorou a minha ajuda. Eu estou fazendo isso porque ele me pediu ajuda", disse ela, que visitou o noivo pela última vez há três semanas.

"Comportamento inadequado"

O psiquiatra que atende o cantor admitiu que o estado de saúde dele é complicado, mas estável. Usuário de drogas desde os 19 anos, segundo o próprio pai, o sertanejo foi internado compulsoriamente, por decisão judicial, e deve permanecer sob internação até que sua recuperação seja concluída.

"Devido à natureza e à gravidade do seu quadro, as visitas seguem padrão igual ao de qualquer estabelecimento de saúde que preste assistência a pacientes internados, havendo a necessidade de algumas restrições, por provocarem transtornos emocionais, o que acarretaria malefícios significativos ao tratamento e à recuperação", disse o médico Fábio Roberto Oliveira Pinheiro, responsável pela clínica.

Segundo a assessoria de imprensa do cantor, a decisão de não permitir que Thayra o visse ocorreu após a última visita dela ao sertanejo. "Ela manteve um comportamento totalmente inadequado, causando transtornos emocionais ao paciente e aos demais atendidos pela clínica. Foi comprovado pelos responsáveis que aquele tipo de atitude prejudica o resultado do processo terapêutico", informou a assessoria, ressaltando que, a partir de então, a família decidiu priorizar a recuperação do paciente. Por isso as regras das visitas ficaram mais rígidas.

"Menina com problemas"

O pai de Hudson ainda rebateu as declarações de Thayra. "Não tenho nada contra ela, mas muita gente está querendo se aproveitar desse momento. Ela é uma menina que tem problemas, também usou drogas, não sei se ainda usa. Mas ela não pode sair dizendo as coisas que anda falando, isso é crime. Nossa família está chocada, mas vamos lutar com unhas e dentes pelo Hudson", disse o pai.

Silva ainda afirmou que a família vai tomar medidas jurídicas contra a jovem. "Não podem dizer que sequestramos o Hudson. Nossa família ama o Hudson, e vamos preservá-lo. A ele, ao patrimônio dele, tudo", disse.

A reportagem procurou Thayra por meio de seu celular e de seu telefone fixo na tarde desta terça (8) para que ela comentasse as declarações de Jerônimo Silva, mas ela não foi localizada. Confira abaixo o vídeo gravado pela jovem:

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...