sábado, 28 de junho de 2014

Atriz morre no interior de SP após ser baleada por PM em blitz

Luana durante apresentação em Sorocaba (SP) em maio deste ano
A atriz e produtora cultural Luana Barbosa, 25, morreu após ser baleada por um policial militar na manhã desta sexta-feira (27) no bairro Vila Formosa, em Presidente Prudente (558 km de São Paulo). Ela estava na garupa da moto dirigida pelo namorado, o músico Felipe Barros, 29, e foi atingida por um disparo no tórax depois que ele não parou no bloqueio policial.

Luana foi levada pelo Resgate do Corpo de Bombeiros até um hospital local, mas não resistiu aos ferimentos. O policial militar, o cabo Marcelo Coelho, 43, foi atuado em flagrante e foi levado ao presídio Romão Gomes, na zona norte da capital paulista, já que o protocolo de atuação da PM não prevê o disparo em situações deste tipo. Também foi aberto um IPM (Inquérito Policial Militar) para apurar as circunstâncias e motivos que envolveram a morte.

Segundo informações do jornal "iFronteira", de Presidente Prudente, o policial disse, em depoimento à Polícia Civil, que o músico desviou de um primeiro PM que lhe pediu para parar. Em seguida, de acordo com a versão do PM, o músico teria jogado a moto contra ele fazendo com que o capacete atingisse a mão do cabo. O choque teria provocado um disparo acidental.

O músico disse à Polícia Civil que não parou no bloqueio por estar com a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) suspensa, de acordo com o jornal. Ele negou que tenha jogado a moto contra o cabo.

Luana atuava como atriz e produtora cultural na Federação Prudentina de Teatro e Artes Integradas e participava do grupo "Os Mamatchas", que faz apresentações de circo e teatro de rua. Ela havia completado 25 anos na última quinta-feira (26).

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...