quarta-feira, 14 de maio de 2014

Empresa é condenada a indenizar Carolina Ferraz por nome em site pornô

Empresa ainda associou o nome da atriz a sites pornográficos
A 16ª Câmara Cìvel do Rio condenou, na última terça (19), a empresa de estacionamento mineira KI a pagar R$ 60 mil de indenização para Carolina Ferraz. É que a firma registrou o endereço eletrônico da atriz, www.carolinaferraz.com.br, e o relacionou a sites pornográficos.

Segundo Ricardo Brajterman, advogado da atriz, em 2008, Carolina foi registrar seu domínio na web e tomou conhecimento, através da NIC.br, órgão responsável pelos domínios de internet, que o nome dela já havia sido registrado pela KI.

"Quando a Carolina foi pesquisar quem era a KI, cujos sócios na época eram dois alemães com visto provisório no Brasil, ela descobriu que a empresa de estacionamento mineira tinha registrado o domínio dela e mais uns dois mil domínios de vários artistas e sites pornôs de A a Z", contou Brajterman ao UOL.

Diante disso, a atriz decidiu entrar na Justiça contra o NIC.br, por ter permitido o registro de seu domínio pela KI; e a KI, por ter registrado seu domínio.

"O NIC foi condenado a entregar para a Carolina o domínio com o nome dela e a KI a pagar uma indenização, no valor de R$ 60 mil, por associar o nome da atriz à pornografia, já que havia imagens de mulheres peladas no site com o nome da Carolina", explicou o advogado.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...